Planejamento empresarial

Toda empresa deve iniciar suas operações com o correto planejamento de investimentos e custos. Esse trabalho deve ser elaborado a partir de um levantamento de custos detalhado, sem a aferição de receitas. Esses custos devem considerar todas as áreas, desde a infraestrutura até o pró-labore dos sócios.

Os investimentos devem ser preestabelecidos conforme a necessidade de produtos e serviços, além de considerar prazos de implantação até o início das operações de vendas da empresa.

Planejamento mensal de custos

O planejamento de custos é uma atividade administrativa e financeira de rotina. Mensalmente, é necessário ter elaborado e conferido o relatório de despesas administrativas, financeiras, investimentos e retiradas previstas para o mês seguinte. Ou seja, é fundamental iniciar o mês de operações com pleno conhecimento dos gastos e despesas previstas, além da meta de receita a ser alcançada.

Procedimentos financeiros diários

É parte da gestão empresarial acompanhar a evolução das receitas diariamente, a fim de estar atento aos valores auferidos para a cobertura de despesas e a avaliação de lucros da empresa. O procedimento ideal é que, a cada manhã, sejam avaliadas todas as vendas lançadas no dia anterior a fim de garantir a validade dos movimentos monetários.

Outra atividade primordial é a conferência dos saldos de contas. A conciliação correta das contas tem o objetivo de certificar as informações que envolvem os movimentos monetários, tais como, saídas e entradas, relatórios de despesas e posição, e liquidez financeira da empresa.

Avaliações mensais

Um relatório de despesas detalhado deve ser realizado a cada mês e devidamente comparado com o planejamento. As diferenças entre o planejado e o realizado devem ser estudadas caso a caso com o objetivo de verificar os pontos de atenção, identificando problemas crônicos e pontuais, e suas devidas soluções.

Outro documento fundamental a ser analisado é o relatório de resultados operacionais, que exprime o ganho real das atividades e operações da empresa no período avaliado. Na prática, compara todas as receitas e despesas. Uma vez confrontadas essas duas totalizações, o resultado permite a avaliação do desempenho no período.

Cadastre-se para maiores informações sobre nossos sistemas e serviços: